Escalada do Morro do Boi (GE Desbravador e GE Arnaldo de Almeida Oliveira)

"Retirando a sílaba im da palavra impossível, qualquer pessoa terá a certeza de chegar à frente."
Robert Stephenson Smyth Baden-Powell


As semanas que antecederam à investida ao Morro do Boi não foram nada tentadoras: 2 semanas de muita chuva e alertas da defesa civil na segunda e terça-feira. Esta chuva tornaria a escalada impossível, pois a trilha fica tão lisa que literalmente descemos 2 metros ao tentar subir 1!
Mas, depois de cruzarmos até os dedos do pé, na terça-feira a previsão do tempo começou a nos animar. Estava mostrando que o tempo ficaria bom já a partir de quarta-feira, três dias ensolarados já seriam suficientes para "secar" um pouco o Morro. Tinhamos um plano B em mente também, caso a subida não fosse possível, mas precisávamos pelo menos tentar!
Quando chegou o dia da escalada, descemos para Corupá num lindo dia de sol, como se tivesse sido encomendado. Nos encontramos com o pessoal do Grupo Escoteiro de Rio Negrinho e começamos a subida, o resto vocês podem ver nas fotos que seguem, foi show de bola!!!

Comentários

Postagens populares